sábado, 26 de outubro de 2013

Menina Benigna Católicos rezam por beatificação!

10ª Romaria em louvor à mártir lembrou os 72 anos de morte da adolescente em Santana do Cariri
Santana do Cariri. Milhares de pessoas participaram ontem, em Santana do Cariri, da 10ª edição da Romaria em louvor à menina Benigna Cardoso. A data também marcou o aniversário de 72 anos da morte da jovem que, aos 13 anos, foi brutalmente assassinada ao defender sua castidade.

Caravanas de várias cidades do País foram ao evento em homenagem à menina Foto: Roberto Crispim

Pela manhã, houve uma pequena romaria com a participação de crianças. Em seguida, foi celebrada a Missa das Flores, quando os fiéis depositaram rosas e margaridas no túmulo que abriga os restos mortais da mártir. O local foi construído no interior da Igreja Matriz de Senhora Sant´Ana, no Centro da cidade.

Caravanas de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Mauriti, Nova Olinda, Assaré, Salitre, Campos Sales e Altaneira participaram das celebrações. Também havia fiéis de São Paulo, Bahia, Pernambuco e Piauí.

O momento de maior emoção aconteceu no distrito de Inhumas, a 1,5 Km sede do município, onde a menina foi morta. A movimentação de populares aconteceu durante todo o dia. Por volta das 17h, em caminhada, os fiéis se deslocaram com destino à Matriz, onde foi celebrada missa campal, presidida pelo padre da cidade, Paulo Lemos, e concelebrada por outros 18 párocos da Diocese de Crato.

Durante a missa, os fiéis aproveitaram para agradecer a Deus pelo pedido de beatificação da menina Benigna, que é analisado no Vaticano.

Para o pároco de Santana do Cariri, Paulo Lemos, a possibilidade da beatificação da jovem Benigna já foi percebida pelos fiéis. Motivo pelo qual, segundo ele, a romaria cresce a cada ano. "Não há prova de amor maior do que aquela na qual a própria vida é entregue por uma causa cristã. Foi isso o que Benigna fez. Há fortes elementos que comprovam essa ação", avalia o padre.

Segundo ele, caso seja confirmada a beatificação da mártir pela Santa Sé, outro pedido deve ser feito: o reconhecimento da santidade da menina. 

Fonte: Regional Diário do Nordeste!

Nenhum comentário:

Postar um comentário