terça-feira, 17 de setembro de 2013

ENCERRADO PROCESSO DE BEATIFICAÇÃO DE BENIGNA - SANTANA DO CARIRI - CE.







  
     No último dia 16 de setembro ocorreu em Santana do Cariri a última reunião da equipe diocesana encarregada do processo de beatificação da Serva de Deus, Benigna Cardoso da Silva. Os membros que compõe as comissões histórica e teológica passaram todo o dia analisando e ultimando a documentação que seguiu para análise na Sagrada Congregação para a Causa dos Santos, órgão do Vaticano.
   Estiveram presentes ao esse encontro de trabalho, os monsenhores Vitaliano Mattioli (Postulador Diocesano) e João Bosco Cartaxo Esmeraldo ( Juiz Delegado), os padres José Vicente Pinto de Alencar (Promotor de Justiça) e Acúrcio de Oliveira Barros (Tradutor), além da sra. Teresinha Fernandes Costa (Atuária Notária). Pela Comissão Histórica estavam presentes: Raimundo Sandro Cidrão, Ypsilon Rodrigues Félix e Armando Lopes Rafael.
 O processo de beatificação da menina-mártir Benigna Cardoso da Silva foi aberto oficialmente em 16 março de 2013, no auditório da Catedral de Crato, tão logo a Diocese recebeu a aprovação do Vaticano  para o início dos estudos de  recolhimento de declarações das testemunhas que conheceram Benigna, além  de depoimentos que relataram milagres e graças alcançadas por intercessão da menina-mártir. Essa etapa se constituiu na fase diocesana do processo. No próximo dia 21 de setembro ocorrerá a sessão de encerramento dos trabalhos, no auditório da Catedral de Crato, com a presença do bispo diocesano, dom Fernando Panico, ocasião que a documentação será selada. Esta só será aberta em Roma, para onde será conduzida pelo postulador da fase diocesana, monsenhor Mattioli.
  Existem duas situações diferentes para a Igreja Católica considerar alguém santo: ou porque essa pessoa foi mártir – este é o caso da menina Benigna – ou porque ela viveu as virtudes em grau heroico. No caso de a pessoa ter sido mártir é dispensada a comprovação de milagres. Já para as pessoas que viveram as virtudes cristãs de forma heroica, exige-se o reconhecimento de um milagre na beatificação e outro na canonização. Caberá agora a Sagrada Congregação para a Causa dos Santos os avanços no processo da beatificação de Benigna Cardoso da Silva.
                                                   Créditos: Armando Lopes Rafael.

Nenhum comentário:

Postar um comentário