sábado, 20 de outubro de 2012

Romaria de Benigna deverá reunir cerca de 30 mil fiéis!!!

Santana do Cariri - Diário do Nordeste
17.10.2012
 
Este é o nono ano consecutivo que acontece o evento, contando com o apoio da Diocese do Crato

Santana do Cariri. Será realizada, no próximo dia 24 de outubro, a 9ª Romaria de Benigna. O evento deverá reunir em torno de 30 mil pessoas para reverenciar a jovem Benigna Cardoso da Silva, nos 71 anos de passagem do seu martírio, e pedir pela sua beatificação. Ela foi assassinada barbaramente por outro jovem, Raul Alves Ribeiro, em sua cidade. Este ano, foi realizada a exumação dos restos mortais da mártir, levados para a matriz de Nossa Senhora Santana, em Santana do Cariri. O local passou a receber mais romeiros, desde a transferência do túmulo do cemitério para a igreja. Documentos foram enviados este ano para Roma, relatando toda a trajetória de vida e morte da menina, além dos casos milagrosos, no intuito de serem avaliados e que haja a abertura de um processo pela sua beatificação.

Restos mortais da Menina Benigna foram transferidos, em maio passado, para Igreja Matriz de Santana do Cariri, até a construção de santuário em sua homenagem FOTO: YAÇANÃ NEPONUCENA


Estão sendo mobilizadas para a Romaria 53 paróquias. Orações são realizadas pela beatificação da menina, que, pela sua condição de martirizada, comoveu toda uma geração.

O pároco da matriz de Santana do Cariri, Paulo Lemos, afirma que a celebração em que ocorreu o sepultamento dos restos mortais teve a participação de pelo menos 12 mil pessoas, com a mobilização de dez paróquias.

A autorização para os estudos relacionados ao caso da menina Benigna agora dependem de Roma, segundo o padre Paulo Lemos. A organização da documentação solicitada ficou a cargo do monsenhor Vitaliano Mattiolli, postulador da causa de beatificação e representante da Diocese do Crato. De acordo com o padre Paulo, há uma expectativa quanto ao acolhimento do pedido por Roma, para só então ser iniciado o processo de beatificação.

Manifestações
Enquanto a beatificação não vem, cresce as manifestações de devoção à Benigna em toda a região. Segundo o representante da comissão Diocesana, Ypsilon Rodrigues Félix, a cidade tem recebido, de forma constante, principalmente nos fins de semana, fiéis de várias partes da região e até de outros estados, que se deslocam para as romarias em Juazeiro do Norte.

E os eventos religiosos relacionados à causa da beatificação da menina, morta ao 13 anos, reúnem cada vez mais pessoas. "A nossa expectativa é de uma grande participação", diz o padre. A possibilidade de abertura do processo de beatificação tem chamado à atenção da sociedade.

Documentos relatando todos os casos relativos as curas por intercessão da menina Benigna e todo o seu histórico de vida foram enviados para Roma. Até mesmo a cópia do processo do assassinato estava sendo levantada, depoimentos de suas irmãs de criação, Terezinha Sisnando e Dulcinéia Sisnando, estão inseridos, além dos casos relatados dos milagres. Elas inclusive acompanharam a exumação e fizeram o reconhecimento dos restos mortais de Benigna.

De acordo com Ypsilo Félix, também devoto de Benigna, estão sendo mobilizados 28 municípios e vem sendo feita uma ampla divulgação. A programação será iniciada às 7 horas, com caminhada das crianças até Inhumas, local onde se encontra o santuário erguido pelos moradores, em memória da menina. Celebrações e homenagens serão feitas no local. Às 14 horas haverá a concentração das caravanas no Distrito de Araponga, em Nova Olinda, e os fiéis seguirão em carreata e moto-romaria para o santuário construído em memória da mártir, no sítio Inhumas, em Santana do Cariri, onde acontece uma paraliturgia. A caminhada sai do santuário às 16h30 para a grande celebração na matriz da cidade, às 17 horas, com a presença do bispo diocesano, dom Fernando Panico, e todo o clero da Diocese.

O martírio vivido por Benigna passou a chamar a atenção desde a sua morte, quando começaram a acontecer casos de milagres atribuídos a ela. Em mais de sete décadas depois se multiplicam os casos. As pessoas vão à cidade, conhecer o santuário feito em seu nome, a 200 metros do local onde ela foi morta, a golpes de facão. Ypsilo destaca que a fama de santidade de Benigna tem se espalhado muito rápido.

A elaboração do livro para compor o processo contou com idas e vidas do monsenhor ao Vaticano, para ter as orientações necessárias de que estava no caminho certo e seguindo os procedimentos exigidos. A exumação passou a contar como um desses requisitos, e ocorreu no dia 26 de abril passado. Antes, foi realizada uma preparação com a Congregação dos Santos, elaborado um dossiê e, somente depois, o relatório final.

Mais informações:
Paróquia Senhora Sant´Ana
Rua Padre Cristiano, 304
Centro
Santana do Cariri - CE
Telefone: (88) 3545.1485

ELIZÂNGELA SANTOSREPÓRTER

Nenhum comentário:

Postar um comentário